ICTP.Br se manifesta sobre a crise humanitária do povo Yanomami

As entidades científicas e acadêmicas que compõem a Iniciativa para Ciência e Tecnologia no Parlamento se colocam à disposição do Governo Brasileiro para colaborar a “atenuar e solucionar” a crise

As entidadescientíficas e acadêmicas que compõem a Iniciativa para Ciência e Tecnologia no Parlamento (ICTP.Br), dentre elas a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), se colocam à disposição do governo brasileiro, nesse sábado (21), para ajudar a “atenuar e solucionar” a crise nas terras Yanomami.

Em carta à ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, as entidades dizem estar “inteiramente à disposição para ajudar a superar esse crítico e vergonhoso momento da história brasileira”.

Veja a carta abaixo na íntegra:

Brasília, 21 de janeiro de 2023.

Exma. Senhora,

SONIA GUAJAJARA,

Ministra de Estado dos Povos Originários.

República Federativa do Brasil

Assunto: Crise Humanitária Povo Yanomami

 

Senhora Ministra,

Neste sábado decorridos 21 dias da posse do novo governo eleito democraticamente pelo povo brasileiro para conduzir a Nação nos próximos 4 anos, fomos informados pela imprensa brasileira sobre as estarrecedoras condições de vida e sobrevivência do Povo Yanomami, imerso em crise sanitária e de saúde que envergonha a todos deste país, nos constrange internacionalmente e nos faz perguntar como a sociedade brasileira permitiu que essa tragédia acontecesse.

As entidades que compõem a Iniciativa para a Ciência e Tecnologia no Parlamento Brasileiro – ICTP.Br se colocam inteiramente à disposição do Governo Brasileiro, especialmente deste Ministério e dos da Saúde, da Educação, Desenvolvimento Assistência Social, Família e Combate à Fome e de Ciência, Tecnologia e Inovação, para, com nossa rede de influência e ação, colaborar para atenuar e solucionar essa crise, que atinge nossos povos originários que sempre cuidaram desta terra e que beneficiam a todos com seu conhecimento tradicional e herança cultural.

A comunidade acadêmica e científica brasileira, por meio de suas entidades e instituições aqui subscritas, está inteiramente à disposição para ajudar a superar esse crítico e vergonhoso momento da história brasileira, herdado pela caótica e irresponsável gestão do governo anterior em relação aos Povos Originários.

Entidades: 

Academia Brasileira de Ciências (ABC); Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes); Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap); Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica

(Confies); Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif); Conselho Nacional dos Secretários Estaduais para Assuntos de CT&I (Consecti); Instituto Brasileiro de Cidades Humanas, Inteligentes, Criativas & Sustentáveis (Ibrachics); Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

 

C/C:

Exma. Sra. LUCIANA SANTOS

Ministra de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação

Exma. Sra. NÍSIA TRINDADE

Ministra de Estado da Saúde

Exmo. Sr. CAMILO SANTANA

Ministro de Estado da Educação

Exmo. Sr. WELLINGTON DIAS

Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome

República Federativa do Brasil

Veja aqui a nota em PDF.

Jornal da Ciência