Professores da Ufac apresentam 46 trabalhos na reunião anual da SBPC

Pesquisadores da Universidade Federal do Acre (Ufac) irão apresentar 46 trabalhos durante a 66ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorre de 22 a 27 de julho, no campus da Ufac, em Rio Branco. Os professores da Ufac irão discutir temas como a "Proteção das invenções biotecnológicas"; "Serpentes peçonhentas e acidentes ofídicos no Brasil"; "Amazônia: o desafio da formação e fixação de doutores", "Fósseis do cenozoico do Acre: uma janela paleobiológica na Amazônia Ocidental", entre outros.
Professores da Ufac apresentam 46 trabalhos na reunião anual da SBPC 
Pesquisadores da Universidade Federal do Acre (Ufac) irão apresentar 46 trabalhos durante a 66ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorre de 22 a 27 de julho, no campus da Ufac, em Rio Branco. Os professores da Ufac irão discutir temas como a “Proteção das invenções biotecnológicas”; “Serpentes peçonhentas e acidentes ofídicos no Brasil”; “Amazônia: o desafio da formação e fixação de doutores”, “Fósseis do cenozoico do Acre: uma janela paleobiológica na Amazônia Ocidental”, entre outros. 
No total, serão 199 atividades, com a participação de pesquisadores renomados do Brasil e exterior, e gestores do sistema estadual e nacional de ciência e tecnologia. Haverá 51 conferências, 62 mesas-redondas, 54 minicursos, 16 encontros, 7 sessões especiais, 5 assembleias. A programação completa e outras informações sobre a 66ª Reunião Anual podem ser obtidas no site da SBPC (http://www.sbpcnet.org.br/riobranco/home/). 
A programação da 66ª Reunião Anual da SBPC foi preparada com o objetivo de levar aos participantes um panorama amplo do que melhor se faz em ciência hoje no Brasil e no estado do Acre. Entre os temas que serão debatidos nas conferências, estão “Ciência e Tecnologia: Imperativo para o desenvolvimento Brasileiro”; “Reservas Extrativistas 25 anos depois”; “O Brasil no espaço – as aplicações e os serviços oferecidos por satélites”; “Biodiversidade e sociedades tradicionais na Amazônia”; e “O uso de animais em pesquisas e no ensino”, entre outras. Entre os temas discutidos nas mesas-redondas estão: “Amazônia: O desafio de formação e fixação de doutores”; “Os impactos socioambientais da exploração de petróleo e gás de xisto no Acre”; “O marco civil da internet”, e outros. 
Junto com a 66ª Reunião Anual da SBPC serão realizadas também a SBPC Jovem, a ExpoT&C e a SBPC Mirim. A SBPC Jovem teve sua primeira edição em 2003, durante a 55ª Reunião Anual. Desde então, acontece todos os anos. Trata-se de um evento com atividades que visam despertar o interesse dos jovens pela ciência e tecnologia. A programação contará com oficinas, salas temáticas e apresentações culturais. 
Novidades 
Nesta edição a SBPC prepara um conjunto de novidades. Pela primeira vez, a entidade realiza o “Dia da Família na Ciência”, atividade que passará a fazer parte das reuniões anuais da SBPC. Tradicionalmente, as reuniões começavam no domingo e encerravam na sexta-feira, da mesma semana. A de Rio Branco será a primeira que começará numa terça-feira, com encerramento no domingo, da mesma semana. A intenção é atrair as famílias e a população de forma geral para o maior evento científico do Brasil. 
Outra novidade é a SBPC Indígena. Com esta proposta, está inclusa na programação científica uma série de debates acerca do universo indígena como “Os povos indígenas e as políticas públicas”, “Índios isolados no Acre”, “Os povos indígenas e a universidade – discutindo as possibilidades e as políticas atuais”, além da realização de rituais e apresentações musicais de povos indígenas do Brasil, Bolívia e Peru.