Programação Científica já está definida

A programação científica da 67ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que será realizada em São Carlos (SP), na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), de 12 a 18 de julho, com o tema "Luz, Ciência e Ação”, já está definida. No total, serão 212 atividades, com a participação de pesquisadores renomados do Brasil e exterior, e gestores do sistema estadual e nacional de C&T. Haverá 64 conferências, 62 mesas-redondas, 52 minicursos, 13 sessões especiais, 11 simpósios, 05 assembleias e 04 encontros. A programação completa e outras informações sobre a 67ª RA podem ser obtidas no site do evento.
O evento contará com mais de 200 atividades, com a participação de pesquisadores renomados do Brasil e exterior, e gestores do sistema estadual e nacional de C&T
A programação científica da 67ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que será realizada em São Carlos (SP), na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), de 12 a 18 de julho, com o tema “Luz, Ciência e Ação”, já está definida. No total, serão 212 atividades, com a participação de pesquisadores renomados do Brasil e exterior, e gestores do sistema estadual e nacional de C&T. Haverá 64 conferências, 62 mesas-redondas, 52 minicursos, 13 sessões especiais, 11 simpósios, 05 assembleias e 04 encontros. A programação completa e outras informações sobre a 67ª RA podem ser obtidas no site do evento.
O programa da 67ª Reunião Anual da SBPC foi preparado com o objetivo de levar aos participantes um panorama amplo do que de melhor se faz em ciência hoje no Brasil. O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Aldo Rebelo, fará a conferência de abertura da programação científica às 10h30, do dia 13 de julho, no teatro Florestan Fernandes, da UFSCar. Entre outros temas que serão debatidos nas conferências, estão “A teoria da relatividade geral: 100 anos depois”, “Instalações nucleares, risco e desenvolvimento no cenário atual do Brasil”, “A contribuição do trabalho dos físicos médicos na medicina – Presente e Futuro”, entre outros. 
Os temas a serem debatidos nas mesas-redondas incluem “Energia para um futuro sustentável”, “Educação superior, pesquisa básica e política industrial”, “Internet como direito fundamental” e “Políticas públicas para educação em ciências”.
Assim como ocorre em todas as reuniões anuais da SBPC, a de São Carlos tem como um de seus principais objetivos principais popularizar e valorizar a produção científica nacional e inseri-la no cotidiano dos cidadãos. Também a exemplo dos eventos anteriores, a 67ª Reunião Anual será um importante fórum para a difusão dos avanços da ciência nas diversas áreas do conhecimento e um espaço de debates de políticas públicas para a ciência e tecnologia.
Junto com a 67ª Reunião Anual da SBPC serão realizadas também a SBPC Jovem, a ExpoT&C, a SBPC Indígena, e a SBPC Mirim. 
Minicursos
Entre os temas dos 52 minicursos estão “Geologia do Petróleo”, “Propriedade intelectual e transferência de tecnologia”, “Astronomia na escola”, “A física dos relâmpagos e o ensino médio”, “Metrologia: teoria e prática”, “A luz e o ensino de ciências e matemática”, “A importância dos recursos hídricos em época de crise”, entre outras. As vagas são limitadas e serão preenchidas de acordo com a ordem de matrícula. Apenas quem já estiver inscrito na Reunião Anual poderá fazer matrícula em minicurso, mediante o pagamento da taxa de R$ 20,00.
SBPC indígena
A programação da SBPC Indígena conta com minicursos, conferências e mesas redondas programadas para acontecer de segunda a sexta-feira, reunindo pesquisadores e lideranças indígenas e não-indígenas. Os debates irão abordar questões como a relação entre o movimento indígena e o contexto político contemporâneo e a educação indígena. Também discutirá as relações entre as práticas científicas e os conhecimentos tradicionais, com apresentações e discussões sobre astronomia e sobre atenção à saúde, por exemplo.
Além dos debates, a reunião terá também a Tenda Indígena, que já está sendo montada na área Norte do Campus da Universidade. A Tenda sediará assembleias nos finais de tarde, nas quais os participantes produzirão coletivamente um documento contemplando as principais discussões realizadas durante a semana.
Esta é a segunda edição da SBPC Indígena, que teve início na Reunião Anual da SBPC do ano passado, em Rio Branco, no Acre. Para a 67ª Reunião, em São Carlos, a programação foi elaborada coletivamente, por meio de encontros ao longo do ano que reuniram os estudantes indígenas da UFSCar – organizados por meio do Centro de Culturas Indígenas (CCI) da Universidade –, a Coordenadoria de Ações Afirmativas e outras Políticas de Equidade (Caape) da Pró-Reitoria de Graduação e docentes que trabalham questões indígenas.
SBPC Jovem
Na programação da SBPC Jovem, que teve sua primeira edição em 2003, durante a 55ª Reunião Anual, um dos destaques é a chamada “Tenda Jovem”, para a qual estão previstas 29 atividades a serem realizadas diariamente, de 13 a 18 de julho, das 8 às 18 horas. Dentre essas atividades, está prevista a presença de quatro centros de ciências itinerantes: o Museu Itinerante Ponto UFMG, a Caravana da Ciência, a Banca da Ciência e o ônibus da ONG Mãe Natureza. Outras atrações envolvem exposições interativas, jogos e apresentação de protótipos – como os de veículos Baja e aeromodelos desenvolvidos por estudantes da UFSCar –, muitas delas relacionadas ao Ano Internacional da Luz, celebrado em 2015. Além da Tenda Jovem, a SBPC Jovem também oferecerá oficinas e minicursos, com temáticas que vão da fotografia 3D à extração do DNA de vegetais. 
(Ascom SBPC)